Francisca Guedes da Silva conhecida como ‘Professora Patrícia’ fala das dificuldades que vem passando em razão de transferência a qual ela considera como perseguição política

Em pronunciamento na Câmara Municipal, a ‘Professora Patrícia’ comunicou aos vereadores que acredita estar sendo vítima de perseguição política por parte da administração municipal em virtude de ter-se envolvido de maneira bastante explícita na campanha da chapa concorrente e que por isso foi transferida do Mulungu para dar aulas na Salsa, distante cerca de 20 quilômetros de sua residência. Essa transferência tem lhe causado grandes transtornos o que ela considera perseguição política.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *